Como Vender Sites Pela Internet Para Pessoas Ou Empresas

como vender sites pela internet
Como vender sites pela internet?

Se você é do tipo que domina as ferramentas online de criação de websites e quer descobrir como vender seus sites pela internet, veja os passos para você montar um serviço de venda de sites e quais as melhores plataformas sugeridas para seu negócio:

1º Passo - qual plataforma usar?

Um dos principais fatores a serem considerados nessa fase é a facilidade de criação que a plataforma oferece. Além disso, ela precisa ter uma boa quantidade de belos temas (se tiver responsivos já é um bom diferencial) e também ferramentas que permitam você implementar recursos no site que atendam as necessidades do cliente (ex: formulário de inscrição, compartilhamento em redes, analytics...).

Outra coisa que você não pode deixar de verificar é se a plataforma permite a criação de websites mobile friendly, pois em uma atualização bem recente da Google essa característica ganhou maior importância na hora de definir o ranqueamento de um site. E caso ele não seja, você estará perdendo uma boa chance de conseguir uma posição melhor nos resultados de pesquisa.

Quer fazer um teste? Para saber se um website é compatível com dispositivos móveis, acesse essa ferramenta, digite a URL dele e faça uma verificação (é rapidinho).

Confira algumas plataformas que posso lhe recomendar:

venda de sites wordpress
Sites na plataforma Wordpress
Wordpress - Essa aqui é uma plataforma voltada para blogs, mas se você a domina bem (ou pelo menos conhece) então já deve saber que sites de nível profissional podem ser criados nela. O problema é que em comparação com as outras plataformas o investimento será maior, pois para desfrutar dos recursos essenciais é necessário que o site seja criado na Wordpress.org, ao invés da .com e por causa disso você já estará pagando mais por causa da hospedagem e possivelmente você gastará com um tema decente. Contudo, com as grandes vantagens que essa plataforma oferece, o dinheiro investido não será em vão: a Wordpress possui uma quantidade enorme de lindos temas para atender a todos os seus clientes, plugins dos mais variados recursos (SEO, contatos, analytics, até para aumento da velocidade do site, entre outros). Só lembrando que esses plugins só podem ser instalados na Wordpress.org.


vender sites wix
Vender sites Wix
Wix - A Wix é uma plataforma que permite a fácil criação de sites através do sistema "arrasta-e-solta". E graças sua grande variedade de templates em HTML 5, você não terá problema ter sites lentos. A hospedagem é gratuita, possui versões otimizadas para smartphones, suas ferramentas de SEO permitem a otimização para garantir boas posições nos resultados de pesquisa.
Um site criado na Wix pode ser completamente personalizável e à partir do plano Combo (para uso pessoal) você pode ganhar cupons promocionais e o domínio é grátis. Há também um plano dedicado especialmente para pequenas empresas e freelancers (que atualmente é o mais usado).



jimdo vender sites pela internet
Criar sites com Jimdo
Jimdo - Outra plataforma de criação de websites de facílima utilização. Com  a Jimdo você pode ter seu site em apenas alguns minutos. Além disso, você pode usar o App no Android ou iOS para criar e até administrar seus sites de qualquer lugar. Mesmo na versão free, você já terá sites otimizados para smartphone, embora o plano pago seja mais conveniente por causa do domínio próprio. Ferramentas essenciais de SEO e analytics também estão disponíveis nesta plataforma. Através de widgets e Apps você pode adicionar no site, ferramentas sociais como Facebook e Twitter ou serviços externos como o Soundcloud. Facilmente você pode também adicionar no site a opção de disponibilizar arquivos para downloads.


vender sites pela internet ucoz
Vender websites uCoz
Ucoz - Com mais de 9 anos de estrada, a uCoz é minha 4ª recomendação. Essa plataforma também garante a criação de sites sem nenhuma dificuldade, possui recursos essenciais e está entre as melhores quando o assunto é preço. Ela tem integração com serviços como Pagseguro, Paypal, Deposit Files e mais. Seu sistema de fóruns é outro ponto forte da plataforma. Seja você iniciante, poderá construir seu site com o editor de blocos ou se você já é avançado em desenvolvimento poderá editar o template ao seu gosto via PHP e API.

Só mais uma coisa: embora sejam plataformas fáceis de usar, para o caso de você ter alguma dúvida ou dificuldade, cada uma delas oferece ótimos tutoriais e vídeos explicativos.

2º Passo - defina as formas e método de pagamento

É preciso definir de antemão quanto e como você irá cobrar pelo seu trabalho para facilitar a negociação com o cliente. Lembre-se de que além do trabalho para produzir o site, tempo gasto, quantidade de páginas e outros recursos que ele terá devem ser considerados. 

Além disso, se você é bom em SEO e produz sites otimizados para conseguir boas posições nos mecanismos de busca, adicione esse fator na hora de definir o preço.

Mas a pergunta continua: quanto cobrar?

Você pode cobrar o valor por um site rápido com X quantidade de páginas entre R$ 200,00 a R$ 400,00. Agora caso você faça um site otimizado, adicione mais R$ 100,00. E adicione mais R$ 50,00 se for responsivo.

Porém saiba que esse foi um exemplo e o valor pode variar muito principalmente por causa da sua região, o tipo de cliente (pessoa física ou empresa?) e o quão bom será o site que você criar.

Sabemos que futuramente será necessário que os sites que você vendeu passem por algum tipo de reforma, atualização ou melhora. Então caso você queira ir além de trabalhar unicamente com a construção e venda de websites, crie uma lista de preços pela manutenção. Veja algumas sugestões:

  • Adição de novas páginas
  • Mudança no layout
  • Mudança no domínio
  • Implementação de botões de redes sociais
  • Adição de inscrição de newsletter de terceiros
  • Criação de um blog para o site

Agora vem outra pergunta: como será efetuado o pagamento?

Bem, isso pode variar. Você pode montar um blog para anunciar seu serviço de venda de sites e adicionar um carrinho de compras, onde o cliente poderá pagar com algum cartão de crédito, Paypal, Pagseguro, etc. Se você puder encontrar o cliente pessoalmente, então ele pode lhe pagar ali na hora.

Há aqueles casos também de o cliente ser alguém próximo. Um amigo, colega de trabalho, da faculdade... nesses casos você pode sugerir que deposite em sua conta o valor integral ou uma parcela como adiantamento pelas despesas como domínio, tema, hospedagem (para o caso de sua plataforma escolhida ser de hospedagem paga, entre outras).

Quando se fala em pagamento sempre há aquele medo de o cliente levar o produto e tentar dar o calote. Bem, pelo menos nesse caso lembre de uma coisa: você é o administrador do site do seu cliente, portanto se ele tentar lhe passar a perna, o site dele pode simplesmente sair do ar. Mas claro que essa medida você só tomará quando não houver outra alternativa.

Lembre-se que quanto mais fácil e confiável for para o cliente realizar o pagamento, mais profissional e confiável será o seu serviço.

3º Passo - Qual a melhor forma de atender aos seus clientes?

A principal forma de comunicação provavelmente será pela internet. Se você tiver a oportunidade de lidar pessoalmente com seus clientes, também é ótimo. Telefone também é bem vindo. Mas para atender ao seu público online, você pode usar ferramentas como o email, Facebook, Skype (de preferência chamadas em vídeo), ou mesmo o WhatsApp. 

Assim como em qualquer trabalho, organização é fundamental, portanto tenha um plano de horários para evitar de algum cliente tentar entrar em contato com você e ele não conseguir. 

É interessante também você criar políticas transparentes do seu negócio de modo que tudo funcione em ordem e você não tenha nenhuma dor de cabeça algum dia surja uma reclamação.

Falando nisso, seja sempre profissional no atendimento quando lidar com dúvidas e reclamações. É importante manter a imagem positiva de seu negócio mesmo em situações desse tipo. Você pode utilizar o email ou uma fan page no Facebook para atender a esse tipo de necessidade do seu público.

8 dicas para conseguir vender melhor seus sites:

dicas para vender sites na internet

1 - Tenha um portfólio na internet do seu trabalho. Para tal você pode usar uma dessas plataformas de criação de sites que já citei aqui, alguma plataforma de criação de portfólios ou até de blogs.

2 - Quando for criar o portfólio, opte pelo seu próprio domínio ao invés de um gratuito. Isso passará mais confiança para as pessoas.

3 - Use as principais redes sociais para divulgar seu trabalho e realizar o serviço de atendimento.

4 - Deixe claro as informações do tipo de serviço que você realiza. Destaque as vantagens de comprar um site com você e não com o concorrente.

5 - Se mantenha atualizado no que diz respeito a SEO, redes sociais, atualizações do algoritmo da Google, pois isso te prevenirá de ter clientes frustrados porque de repente os sites que você fez para eles caíram nas pesquisas. E use esse conhecimento como um diferencial em seu negócio.

6 - Ofereça descontos ou a adição gratuita de recursos caso você realize a venda de mais de um site para um cliente.

7 - Divulgue seu negócio não apenas na internet, mas também fora dela para mais pessoas conhecerem seu negócio.

8 - Crie uma marca original e única. Isso dá seriedade ao seu negócio e é bem visto pelo público.



Como vender sites pela internet - Conclusão

Para muitas pessoas que dependem da internet para seus negócios, ter um site é uma necessidade real. E muitas dessas pessoas procuram serviços rápidos de criação de sites na internet (o que hoje há bastante).

Todavia nem todo mundo tem tempo ou conhecimento suficiente para construir seu próprio site (mesmo com tantas ferramentas que atualmente facilitam o trabalho). E é tirando proveito disso que você poderá lucrar bem vendendo online seus sites.

Caso você não tenha muita experiência em vendas pela internet (ou nenhuma) então leia o artigo que lhe ajudará a realizar sua primeira venda online!

16 comentários
  1. Muito bom, estou iniciando serviços de criação de site e venda pela net, tudo que precisava encontrei aqui. Tinha duvida se poderia vender um site feito pelo wix ou se teria que contruir meu proprio, esta duvida foi resolvida. Muito obrigado.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Que bom que ficou tudo esclarecido para você. Obrigado pela participação!

      Excluir
  2. Carlos souza, me tire uma dulvida. Ao criar um site temos ha os custos iniciais que são hospedagem + dominio ou o aluguel do espaço caso seje usado Wix, Webnode ou outro. Dulvida:

    1 - Esses custos que devem ser renovado anualmente é por conta do cliente ou de quem presta o serviço?
    2 - Caso o site não seje construido por mim, mas seje usado uma plataforma pronta, isso deve ser comunicado ao cliente?
    3 - O cadastro junto a plataforma, devera ser feita em nome do cliente, ou em meu nome por ser o administrador?
    Muito obrigado.

    att;
    Jefferson Carlos
    ( jeffersoncslima@hotmail.com )

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Boa tarde Jefferson!

      Primeiro agradeço pela participação e em relação as suas dúvidas, eis as respostas:

      1 - Isso pode variar, mas recomendo que você repasse para o cliente, o valor do domínio + o da assinatura que você pagará pela utilização da plataforma em forma de taxa de administração do site. A administração do site pode incluir monitoramento do tráfego, interação dos usuários, páginas compartilhadas, SEO, correção de possíveis erros que venham a surgir, entre outros serviços.

      2 - Não há uma obrigação em informar que você está utilizando uma plataforma de terceiros para a criação do site. Você só dirá isso ao cliente se ele perguntar, mas deixando bem claro que todo o processo de criação é realizado por você, ou por uma equipe se for o caso.

      3 - O interessante é fazer o cadastro na plataforma em seu nome. E a partir daí, você criará os sites para seus clientes, sendo que os nomes dos sites serão de preferência deles (a não ser que eles lhe peçam opinião ou orientação a respeito do nome do site).

      Excluir
  3. ola, meu nome é carlos eduardo, gostei muito do assunto, mas e se eu tentasse criar um site em que eu poderia vender este site, contínuas vezes,ou seja, vender a uma tacha única para o interessado e, que ele pudesse fazer o mesmo, com gerar tudo isso automaticamente, sendo que eu só iria administrar o site.obrigado.

    ResponderExcluir
  4. Existe uma plataforma nova, da mesma empresa que fez o uCoz, que é muito mais fácil de usar e ainda tem programa de parceria com 30% de comissão: https://ukit.com/pt-BR/affiliates

    Será que não vale a pena atualizar o artigo?

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Kuma boa noite!

      Vou verificar direitinho essa plataforma e sendo viável farei a atualização. Obrigado por participar e pela recomendação!

      Excluir
  5. Fala Carlos,

    Me ajuda aew amigo, como é que eu atribuo a criação do site à minha empresa, tipo aqueles escritos que ficam escrito no rodapé da pagina(desenvolvido pela ...), e outra coisa se eu desenvolver um site de vendas,devo passar a direção dele para o cliente ou eu que terei que fazer as mudanças?

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Bom dia Yuri!

      Você quer fazer isso em qual plataforma? Pode variar um pouco a depender da qual você usa. Mas de um modo geral, esse recurso é encontrado facilmente nas ferramentas administrativas da plataforma.
      Outra coisa: a depender da que você escolheu, esse recurso estará disponível em um plano específico. Por exemplo, na Ucoz, você pode tirar a copyright da empresa, assinando o plano Professional.

      Sobre a segunda dúvida, isso varia de acordo com o cliente. Se ele quiser se tornar um administrador do site, você pode passar a bola para ele, pois nas plataformas há a opção para adicionar novos administradores. Você poderá continuar administrando o site junto com seu cliente, e se ele tiver dúvidas sobre alguma funcionalidade, você pode dar o suporte a ele.
      Agora caso seja você a fazer as mudanças, é bom deixar claro que haverá uma taxa de manutenção que pode ser cobrada mensalmente, para cada manutenção realizada ou o valor já incluso na contratação do seu serviço. Pois vez ou outra será preciso fazer mudanças tipo adicionar novas páginas, editar páginas existentes, novos menus, opções, etc.

      Excluir
  6. Boa Noite. Tenho uma dúvida. Caso eu faça o site pra um cliente usando o Wix... Eu tenho que dar o acesso pra ele também poder administrar né? Só que é tão facinho que tenho medo de ele pedir pra ele mesmo administrar. O valor cobrado (ex: 500,00) é anual? Se daqui a um ano ele resolver que outra pessoa ou ele mesmo irá assumir a adm? Eu cobro mensalidade além do valor inicial ?

    ResponderExcluir
  7. Muito boas as dicas estava precisando. Obrigado.

    ResponderExcluir
  8. Boa Noite. Tenho uma dúvida. Caso eu faça o site pra um cliente usando o Wix... Eu tenho que dar o acesso pra ele também poder administrar né? Só que é tão facinho que tenho medo de ele pedir pra ele mesmo administrar. O valor cobrado (ex: 500,00) é anual? Se daqui a um ano ele resolver que outra pessoa ou ele mesmo irá assumir a adm? Eu cobro mensalidade além do valor inicial ?

    ResponderExcluir

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...