5 Ferramentas Online Para Saber O Que O Visitante Quer Na Sua Loja Virtual

ferramentas online para lojas virtuais vender mais
Ferramentas na internet para compreender o comportamento dos visitantes da sua loja virtual


Você tem uma loja virtual e o objetivo dela é atrair visitantes interessados em comprar seus produtos certo? Mas assim como no mundo real, para que isso aconteça, é preciso que você saiba o que o cliente quer e assim poder oferecer o produto certo a ele. 

E mesmo que você tenha um nicho bem definido e considerado questões importantes na hora deconstruir seu ecommerce, pode não estar realizando tantas vendas quanto esperava.

Isso pode estar acontecendo porque você não consegue compreender as intenções e comportamento do seu visitante ao chegar à sua loja virtual. Qual palavra chave ele pesquisou para cair de para quedas em sua loja? Em qual página ele “pousou” primeiro? Qual página (ou parte dela) atraiu mais seu interesse? 

Saber essas e outras informações permitirá que você tome as medidas que lhe ajudarão a oferecer o que o visitante quer, mas ainda não encontrou em sua loja, e assim levar suas vendas ao nível que você tanto deseja. E as 5 ferramentas à seguir ajudarão você nisso.

Hotjar

hotjar ferramenta de analytics otimização da conversão
Hotjar

Com esta incrível ferramenta, você pode literalmente ver o que o visitante faz em seu site. A Hotjar oferece as funções de gravação de acessos, heatmap (mapa de calor) e criação de formulários para fins como enquetes, pesquisa de opinião e outros.

O funcionamento é simples e você pode usar a versão gratuita que já poderá lhe dar informações valiosíssimas sobre seus visitantes.

Por exemplo, com a função de gravação, você poderá visualizar em vídeo quais ações (cliques, rolagem da página) um visitante faz em determinada página da sua loja virtual. E isso vale para a maioria dos navegadores e principais dispositivos: computadores, tablets e smartphones. 

Veja no exemplo abaixo uma gravação do acesso de um visitante do Brasil em três páginas do blog, realizada em um computador, com o navegador Google Chrome no sistema operacional Windows:

Bacana não é? Para usar esse recurso basta, após o cadastro, adicionar a URL da sua loja virtual. No modo free você poderá realizar até 300 gravações. Agora observe essa imagem:

hotjar heatmap mapa de calor análise de página
Heatmap de uma das postagens do blog

Esse é o heatmap desta postagem. É um artigo que de uns tempos para cá teve um grande aumento nos acessos e através do mapa fiquei sabendo os tópicos que mais interessavam os visitantes

Note que as áreas mais “quentes” são aquelas em vermelho. Onde as pessoas clicam mais e também dedicam mais tempo lendo. Você pode adicionar até 3 páginas para mapear no modo gratuito.

Você conseguirá muita informação sobre seus visitantes apenas com essa ferramenta! E caso o modo free não seja o suficiente, considere avaliar, de acordo com suas necessidades se valerá apena contratar um dos planos do Hotjar.

Google Webmasters

Essa aqui você já deve conhecer não é? Afinal, todo webmaster que se preze e queira seu site aparecendo na Google, tem de saber trabalhar com a Google Webmasters (ou Google Search Console).

Assumindo que sua loja virtual já esteja adicionada nesta ferramenta, você poderá identificar na página Consultas de Pesquisa ou na mais nova versão Análise de Pesquisa, que oferece informações mais detalhadas, as palavras chave mais bem sucedidas do seu site.

Desse modo será possível acompanhar se a palavra chave desejada para determinado produto está caindo ou subindo nas posições dos resultados de pesquisa.

Além do mais, é importante ficar de olho na relação impressão e quantidade de cliques (CTR), ou seja, a quantidade X de cliques que foi dada para a quantidade X de impressões em uma das páginas do seu site. Veja o exemplo:

google webmasters relatório consultas de pesquisa

Como você viu, embora a palavra chave "vendas pela internet"  tenha 2.194 impressões e esteja ranqueada na posição 6,7, que corresponde a 1ª página dos resultados de pesquisa (explicarei isso melhor no final desse tópico), a quantidade de pessoas acessando essa página é muito pouca; apenas 52 cliques, ou um CTR (taxa de cliques) de 2%.

Por que isso acontece? As primeiras coisas a se pensar são:

1 - Mesmo na primeira página ela esteja em um nível abaixo dos seus concorrentes e os visitantes darão preferência a abrir as páginas que estão acima da dobra (parte da página que pode ser visualizada sem precisar rolar para baixo).

2 - O título não está tão atraente quanto o das outras postagens, fazendo o interesse dos visitantes cair.

Daí vem a fundamental importância de construir um bom headline. É claro que há outros fatores a serem considerados que você irá descobrir ao analisar cuidadosamente os relatórios de palavras chave na Google Webmasters.

Nota explicativa: de acordo com a Google, uma página que está ranqueada na posição 8,0 em um relatório, significa que na verdade ela está na primeira página. Porém para estar no topo, a página deve conseguir ser ranqueada na posição 1,0.

Portanto, o exemplo que você viu na imagem desse tópico significa que a postagem está na primeira página, mas listada na sexta (com um alto risco de cair para a sétima) posição da lista de resultados da primeira página.

Fato curioso: depois de um tempo usando a Google Webmasters, notei que mesmo que você consiga a décima posição para determinada palavra chave, ainda significará a primeira página.

Google Analytics

E aqui está outra conhecida nossa. E com muito mais a oferecer! Vou apresentar aqui os pontos que considero de destaque em relação ao saber através do Google Analytics, o que o visitante faz em um site:

Pesquisa interna - se você habilitou a caixa de pesquisa em sua loja virtual e ela já esteja adicionada na Google Analytics, faça o seguinte: entre em sua conta e na página seguinte, clique na opção Administrador (lá no topo). Depois na parte "Vista da Propriedade", clique em Visualizar configurações.


google analytics visualizar configurações

Na próxima página, na parte inferior em "Configurações de pesquisa no site", ative a opção Acompanhamento de pesquisa no site, defina os parâmetros de pesquisa e salve as alterações. E a partir daí as pesquisas internas realizadas pelos visitantes em sua loja virtual monitoradas pelo Analytics.

Para saber mais sobre configurações de pesquisa interna no site, acesse essa página de ajuda da Google 

Com isso, a ferramenta irá lhe mostrar periodicamente um relatório das palavras chave que as pessoas usam dentro da sua loja através da caixa de pesquisa. E isso irá lhe ajudar a saber o que elas estão buscando e as vezes (ou nunca) encontram.

Página de entrada - é a primeira página do seu site que um visitante acessa através de determinada palavra chave que ele pesquisou. Na maioria dos casos essa página é a home. Essa informação ajudará você a saber quais as páginas estão trazendo mais visitantes para conhecer sua loja.

Página de saída - a última página visualizada por um visitante ante de ele ir embora do site. Por meio de comparações com as páginas de entrada, será possível identificar se o visitante visualiza ou não outras páginas antes de sair do site. Assim fica mais claro de ver se ele teve interesse em algo antes de sair.

Tempo de visualização - como o nome já explica, é o tempo médio que um visitante leva em determinada página. Fator de primeira importância que a Google considera na hora de definir a posição de uma página nos resultados.

Taxa de rejeição - é a medida usada para identificar o nível de pessoas que acessam um site e o abandonam para não mais voltar principalmente por não terem encontrado o que buscavam ou por causa da demora no carregamento da página. Esse fator também é de grande importância para a Google para definir o posicionamento de uma página nos resultados.

Desse modo, quanto mais as páginas do seu site tiverem o que os visitantes estão procurando, mais tempo eles passarão acessando e com certeza retornarão querendo mais e isso contribuirá para a redução da taxa de rejeição e melhora nas posições dos resultados de busca.


Artigo relacionado: 18 técnicas de SEO para lojas virtuais


PoolSnack ou Hotjar (enquete) 


A ferramenta PoolSnack é dedicada principal criação de enquetes, que poderão fornecer dados importantes sobre o perfil dos visitantes. Porém como estamos falando de uma loja virtual esse recurso deve ser usado com cautela. 

Então a sugestão é configurá-la não para todas as páginas, mas para páginas estratégicas como a homepage ou a de uma categoria em especial de produto.

Você já deve ter notado que eu uso esse recurso aqui no blog não é? No meu caso eu optei pela Hotjar que atende bem as minhas necessidades.


Apenas com a enquete eu fui capaz de identificar que boa parte do meu público se divide em pessoas que ainda não trabalham com vendas na internet (maioria) e aquelas que trabalham.

É claro que essas duas ferramentas podem não ser compatíveis com a plataforma da sua loja virtual. Mas fazendo uma boa pesquisa você poderá encontrar a perfeita para seu site.

Blog

De que forma um blog pode ajudar você a entender como um visitante se comporta em relação à sua loja virtual? Primeiro devemos lembrar que não é nada fácil criar conteúdos para as páginas dos produtos, visto que as informações que elas precisam são nome, preço, uma descrição convincente e informações técnicas. 

Esse é um dos motivos pelo qual é mais difícil de ranquear uma loja virtual em uma boa posição nas pesquisas.

Mas quando você tem um blog dedicado à sua loja virtual, é possível criar muito mais conteúdo que irão levar os visitantes às páginas dos produtos de sua loja. E dependendo do nível de qualidade dos artigos do blog, os visitantes irão parar em sua loja com uma intenção de compra praticamente definitiva.

E usando o auxílio de ferramentas como a Google Analytics, Hotjar, e Google Webmasters, você irá descobrir quais as postagens do blog estão direcionando mais tráfego para sua loja virtual ao mesmo tempo em que identifica os produtos que mais interessam os visitantes online, quais posts estão convertendo mais vendas e quais palavras chave estão saindo melhor.



Conclusão

Compreender o comportamento dos seus clientes em potencial pode ser o que está faltando para aumentar o número de vendas da sua loja virtual. E como nesse modelo de loja não há a vantagem de lidar diretamente com o cliente para conhecer seu perfil e necessidades na hora, podem surgir mais dificuldades para realizar vendas. 

Nenhum comentário
Postar um comentário

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...