Como Escrever A Melhor Descrição Para Seus Produtos Converterem Mais Vendas

como descrever bem o produto de uma loja virtual
Confira algumas técnicas para criar atraentes descrições para seus produtos

Você pode ter o melhor produto para vender, ter escolhido o melhor site para colocar seus produtos à venda, mas ainda assim há uma boa chance de não vender tão bem quanto o esperado se você não der um cuidado especial a algo muito importante: a descrição do produto.

Nesse artigo você saberá o que é preciso para criar uma descrição que tornará seu produto mais atraente e apresentando seus benefícios de um modo que seus visitantes se sentirão tentados a comprá-lo.


O que é preciso para começar a escrever bem?

De fato, criar uma boa descrição não é algo tão fácil de fazer principalmente se você está começando a vender na internet e mais ainda se são vários produtos para vender.

E é justamente por isso que muitos preferem usar a descrição do fabricante para poupar tempo e ter menos trabalho.

O problema é que embora a descrição do fabricante explique o que é o produto, as vezes ela faz isso de forma entediante ou não muito fácil de compreender, sem contar que em casos piores boa parte da descrição do fabricante tem informações desnecessárias.

Esses fatores contribuem para tornar a leitura quase tão chata quanto ler uma bula de remédio. Nada divertido.

Não estou dizendo para você desprezar completamente a descrição do fabricante, mas se dedicar em usar o conteúdo dela junto com outras técnicas para criar algo melhor.

Pense bem: boa parte do tempo que você vai dedicar no seu negócio são em esforços para conseguir vender seu produto certo? Então por que não criar você mesmo as próprias descrições?

Há muitas vantagens nisso: boas descrições tem um impacto positivo no SEO da sua loja virtual. Além disso, mais visitantes ficarão com vontade de levar seu produto para casa (bem, nesse caso mandar trazer em casa rs).

Dirija-se aos seus visitantes de forma pessoal

Toda boa descrição de produto que se preze é direcionada a um comprador de forma direta e pessoal. Você pergunta e responde questões como se estivesse conversando com ele. E para tornar essa experiência mais real, usar a palavra você nesse “diálogo” faz uma diferença e tanto.

Outra coisa: considere falar com seu cliente como você falaria se você estivesse vendendo um produto em uma loja física. Face a face.

Experimente e tente incorporar essa linguagem em seu site e assim você poderá ter uma experiência similar a de uma conversa real. Soa bem mais profundo.

Destaque os benefícios

A arte de descrever bem o produto está ligada principalmente a focar em apresentar para o cliente não o produto em si, mas o benefício que ele oferece.

Afinal, quando alguém busca por um produto ou serviço, na verdade ele está procurando a solução de algum problema, realizar algum desejo ou satisfazer uma necessidade. Veja uns exemplos:

Roupas e acessórios - Desejo de estar na moda (roupas, bolsas, calçados de marca/grife), ficar elegante/bonito (ternos, vestidos, joias), de fazer parte de uma “tribo” (bandanas, bonés, jaquetas).

Cosméticos - Necessidade de levantar a auto estima, combater o envelhecimento, desejo de ficar bonita/bonito.

Eletrônicos/Informática - Necessidade de praticidade/comodidade e acesso à informação (notebooks, tablets), busca pelo lazer e entretenimento (vídeo games, home theaters).

Cachaça - Necessidade de afogar as mágoas... opa esqueça esta!

Há centenas de outros exemplos onde você pode identificar desejos e necessidades diversas que as pessoas possuem.

Um bastante clássico são os produtos caros procurados por quem deseja desfrutar do melhor luxo ou exibir (para não dizer ostentar) seu status na sociedade: o último modelo de iPhone, uma caneta da marca Mont Blanc, terno Armani, a mais nova BMW ou uma garrafa do caríssimo Richebourg.

Nota super importante: Na hora de pensar na descrição, cuidado para não confundir desejo com necessidade.

É um fator crucial levar essa diferença em consideração, se não você correrá o risco de fazer com que seu produto cause uma impressão no visitante diferente da esperada.

Desejo: é o que uma pessoa quer. Ex: Melissa quer um par de lentes azuis para se sentir mais bonita. Porém ela não precisa disso para enxergar.

Necessidade: é o que alguém precisa. Walter precisa de óculos porque enxerga muito mal de longe, mesmo sem jamais ter desejado usar óculos.

Vamos dar uma olhada nesse exemplo de descrição de um produto para o público infantil:

como fazer uma boa descrição de produto

Como deu para notar, foi usada a estratégia de adicionar além das características com os benefícios, um pequeno resumo que mostra uma preocupação com a saúde de quem vai usar o produto e também o visual.

Além do mais quem escreveu teve o cuidado de usar uma linguagem direcionada para os pais, que são os responsáveis pela decisão de compra, mesmo que o produto seja para os pequenos.

E mesmo com a simplicidade usada na linguagem da descrição, a forma como é apresentado atribui valor ao produto.

Cuidado com frases clichê

“Esse é um produto de qualidade”, “Você estará adquirindo um excelente produto”... frases desse tipo eu considero clihês e servem apenas para tornar você menos persuasivo quando apresentar um produto a clientes em potencial.

Na hora em que eles estiverem lendo coisas desse tipo, começarão dizer para eles mesmos: “É sei, de qualidade...”. E sabe por que? Porque eles já estão cansados de ler expressões genéricas desse tipo quando buscam por um produto.  

Ainda mais se estiverem procurando algo com um diferencial.

No fim faz parecer que todos os produtos que usam esses termos nas descrições, são idênticos e nenhum se destaca porque não apresenta nada em especial.

Portanto, se nessa hora faltar inspiração para escrever não apele para frases clichê. Ao invés disso, seja o mais específico possível.

Por exemplo, veja como esse texto não descreve a qualidade de um par de sapatos como “excelente” ou algo semelhante, mas sim os detalhes técnicos acompanhados dos benefícios:

    como apresentar e descrever um produto para o cliente
* Captura o estilo clássico do boat shoe em um design feminino
* Fabricação genuína em costura à mão para um conforto durável
* Couro superior resistente à manchas, água, desgaste e durável
* Ilhós à prova de ferrugem para um ajuste seguro
* Palmilha moldada em EVA para garantir o conforto no pé durante todo o dia.

Nenhum dos bullet points acima menciona a qualidade do produto diretamente, mas cada ponto dá a você uma impressão de qualidade.

Cada item também segue o padrão de destacar uma característica mais um benefício:

Fabricação genuína em costura à mão (característica) -> conforto durável (benefício)

Detalhes do produto adicionam credibilidade. Você pode nunca precisar incluir muitos detalhes técnicos nas descrições do seu produto. Seja específico.

Que tal começar a escrever agora?


Para muitos que atuam no ecommerce, criar descrições convincentes de produtos é uma tarefa nada fácil principalmente se não houver nenhuma familiarização com o básico das técnicas de escrita para o caso.

Felizmente, assim como em muitas coisas na vida, isso é algo que pode ser desenvolvido com o passar do tempo.

Guarde na mente as dicas que você viu aqui, pratique sempre que tiver oportunidade e logo você será capaz de escrever descrições de produtos para seus visitantes e converte-los em felizes compradores.

Por último vou deixar outras dicas para você conseguir vender mais ou resolver possíveis problemas que estejam dificultando suas vendas online:

7 ferramentas para saber o que o visitante está fazendo ou buscando em sua loja virtual
15 dicas para converter mais visitantes em compradores
Como usar o Facebook para aumentar suas vendas na internet
5 motivos que fazem as pessoas preferirem comprar na internet e como usar isso para vender mais
5 erros comuns que impedem as lojas virtuais de vender mais e como se livrar deles
Leia Mais ►

Vendas Online X Afiliados X AdSense: Qual Dá Mais Dinheiro Na Internet?

como ganhar dinheiro na internet
Vendas online, Adsense e Programas de afiliados: Como escolher o melhor negócio para ganhar dinheiro na internet?

Sabemos que a internet está cheia de oportunidades reais de ganhar muito dinheiro.

Contudo, para conseguir uma renda que valha a pena dedicar uma dose de investimento e muito esforço é preciso escolher o tipo certo de negócio.

Aquele que se encaixa no seu perfil e permite que você seja capaz de administrar para assim colher bons frutos.


  • Mas como é possível saber disso começando com pouca experiência no assunto? 
  • Qual é o melhor negócio na internet? 
  • O que vai me dar mais dinheiro? 
  • E em quanto tempo? 
  • E quanto será preciso investir? 


Continue lendo para descobrir a resposta dessas e de outras perguntas.

Serão analisados agora três modelos de negócio na internet bastante populares e que tem garantido a felicidade financeira de um bocado de gente.

São eles: Vendas online (com uma loja virtual), Anúncios do Google AdSense em um blog de nicho e Programas de afiliados. Primeiro vamos ver rapidamente como funciona cada um:

Programas de afiliados

Basicamente, o negócio de afiliados consiste em criar um blog ou site com o propósito de ranquear para uma palavra chave específica de determinado produto ou infoproduto para assim indicar para os visitantes interessados e ganhar uma comissão para cada venda.

Além disso, é fundamental trabalhar com email marketing para divulgar os produtos para os inscritos na lista de e-mails e através disso conseguir mais vendas.

Publicidade de anúncios do AdSense

Se inscrevendo no programa do Google AdSense você terá acesso a milhares de anúncios de empresas, empresários e empreendedores de diversos setores.

Então se seu site ou blog fala sobre imóveis, serão exibidos anúncios relacionados que pessoas interessadas irão clicar. E cada clique válido significa dinheiro para você.

Vendas online

Aqui você escolherá um tipo de produto rentável e o comercializará na internet através de uma loja virtual. Atualmente existem diversas plataformas que permitem montar uma loja virtual em apenas alguns minutos.

Mas quanto dinheiro dá para ganhar?

ganhando dinheiro na internet
Quanto dinheiro esses negócios irão render?
Definir logo de cara quanto dinheiro dá para ganhar com esses tipos de negócio pode ser de fato difícil. Mas há algumas variáveis que se analisadas direito, podem ajudar a ter uma visão da receita nos primeiros meses:

1 - O nicho em que você pretende atuar com seu blog (para os três tipos de negócio)

2 - Quais palavras chave você busca ranquear (principalmente para o caso de anúncios)

3 - Que tipo de produto ou infoproduto você pretende trabalhar no blog (para o caso dos afiliados)

4 - Quanto tempo você pretende dedicar ao seu negócio (para os três)

5 - De que forma você irá adquirir os produtos para vender (para a loja virtual)

Quando você define essas variáveis, fica um pouco mais fácil de saber quanto será seu tráfego mensal e receita. Agora, vamos fazer uma pequena simulação para cada um:

1ª situação: Google AdSense

ganhar dinheiro na internet com google adsense

Digamos que seu blog seja voltado para o negócio de franquias. E que sua palavra chave principal seja "franquias baratas" no qual tem uma quantidade média de visitas de 49.500/mês, tem concorrência alta e o lance sugerido por clique é de R$ 2,01 (lembrando que o Google AdSense paga a você 25% desse valor e o resto vai para a Google).

ganhando dinheiro na internet com google adsense
Pesquisa de palavra chave no Google AdWords


Suponha que você consiga ficar na 1ª página e desse tráfego mensal, 20.000 vá para seu blog (afinal tem outros sites na primeira página também correto?). E que desses 20.000, algumas pessoas interessadas em abrir um negócio de franquias clique em um anúncio.

Baseado nos valores citados, cada clique significará algo em torno de R$ 0,50 para você.

Dividindo seu tráfego mensal por 30, teremos uma média de 666 visitas por dia. Agora imagine se dessas 666 visitas, 20 pessoas clicam nesse anúncio.

R$ 10,00 por dia são seus que no final do mês dará R$ 300,00, menos a despesa de transferência bancária (varia se você escolhe algum banco ou o próprio Banco Rendimento) que digamos seja algo entre R$ 30,00.

Seu lucro líquido nesse mês será de R$ 270,00.

Pode não parecer muito, mas vamos lembrar que isso é para uma única palavra chave e para um tráfego de apenas 666 visitas por dia.

Portanto se você tiver pelo menos 10 artigos do blog ranqueados na primeira página, para uma palavra chave com um bom tráfego mensal e de alta concorrência, seus ganhos poderão ser bem maiores só com anúncios.

Muita gente começa a ganhar dinheiro pela internet com o AdSense. Contudo, boa parte se decepciona pelo pouco dinheiro que ganham no começo e acabam tentando outro modelo de negócio.

O que acontece é que muitos não dão atenção ao estudo das palavras chave ou SEO que são indispensáveis.

Com os anúncios do AdSense você poderá ganhar dinheiro para complementar a renda ou viver unicamente desses ganhos se conseguir ranquear seu blog com palavras chave que realmente paguem bem e tenham um bom tráfego orgânico mensal.

Veja algumas palavras chave que pagam muito bem:

Seguro viagem

Hospedagem de sites

Email marketing

Seguro de carros

Corretora de seguros

Curso de inglês

Seguro de vida

Pós graduação

Marketing digital

2ª situação: Programas de Afiliados

como ganhar dinheiro na internet programa de afiliados

Para o caso de afiliados, você não precisará de tanto tráfego quanto o AdSense, mas precisará também de conteúdo de qualidade e SEO para as primeiras posições.

Além disso, artigos voltados para a ganhos com afiliados precisam ser escritos com técnicas que convençam as pessoas de que elas precisam de um determinado produto para resolver um problema.

Vale a pena dar uma estudada o uso de gatilhos mentais para convencer as pessoas a comprar, técnicas de copywriting e marketing de conteúdo.

Em relação aos ganhos vamos pegar o exemplo anterior. Nicho de franquias, 666 visitas diárias, artigo na primeira página. E vamos adicionar que você tenha pelo menos 100 inscritos em sua lista de emails.

Agora digamos que um determinado dia você faça uma campanha de email marketing anunciado um infoproduto. Um curso online que ensina as pessoas a criarem uma franquia de sucesso.

Imagine que desses 100 escritos, 80 abram o email, 50 cliquem no link que as levarão ao artigo sobre o curso no seu blog e no fim da leitura, 5 pessoas se interessem pelo produto e realizem a compra. Vamos supor que o valor do curso é de R$ 100,00 e a comissão de R$ 40,00.

Então R$ 200,00 serão seus.

E iremos assumir que das 666 visitas diárias, 3 pessoas super interessadas no assunto, resolveram dar uma olhada naquele artigo sobre o curso e acabam comprando ele. Aí vão mais R$ 120,00 para você.

3ª situação: Loja virtual (vendas online)

vender pela internet com loja virtual da dinheiro
E agora vamos às vendas pela internet. Dessa vez vamos mudar algumas coisas: o nicho da loja virtual será de camisetas personalizadas.

Vamos assumir que sua loja tenha 200 produtos distribuídos entre camisetas com diversas estampas customizadas. E você tenha usado SEO com eficiência e conseguido ranquear na 1ª página a palavra chave “camisetas personalizadas” que tem uma pesquisa média de 49.500/mês. Supondo que desse número, 5.000 caiam na sua loja e 50 comprem uma camiseta cada R$ 25,00. Aqui já vão R$ 1.250,00 que mesmo com as despesas do frete e embalagem ainda renderão bem por serem produtos de pequeno porte e baixo peso.

Sem contar que esse lucro pode ser maior se levarmos em conta que use estrategicamente o Facebook para postar belas fotos do seu produto com links de vendas. Com certeza algumas pessoas estarão interessadas e acabarão comprado.

Os prós e contras dos três modelos de negócio

Depois dos exemplos apresentados, vamos dar uma analisada no que faz cada um desses negócios valer a pena investir seu tempo e dinheiro e em contrapartida, as desvantagens e dificuldades encontradas no caminho de cada um:

Programas de marketing afiliados

Marketing de afiliados é um negócio bastante atraente porque custa pouco para começar e necessita do mínimo de gerenciamento e manutenção.

Investimento

Domínio

Hospedagem para o caso da Wordpress.org. Já na Blogger muitos preferem usar a hospedagem do próprio blogger, embora possa valer a pena considerar investir em hospedagem nessa plataforma também.

Como ter uma lista de emails é super importante nesse tipo de negócio, será preciso investir em um serviço de email marketing eficiente. No Mailchimp, por exemplo, você pode ter uma conta com até 2000 inscritos e outros recursos de graça.

Portanto, dependendo do tamanho do público que você atingir, será preciso gastar um dinheiro com isso lá na frente.

Vantagens

Por terem um baixo investimento, não dependerem tanto de palavras chave quanto o AdSense (por causa da lista de email) e por serem fáceis de criar e manter, os programas de afiliados permitem que o empreendedor trabalhe em mais de um nicho nesse negócio.

E experimentado nichos diferentes, dá para encontrar produtos que paguem altas comissões dispensando a necessidade de realizar muitas vendas para começar a lucrar de verdade.

A plataforma Hotmart é uma das que oferece uma variedade excelente de infoprodutos para os melhores nichos.

Além do mais, aqui não há o trabalho de lidar com a tarefa de atendimento aos clientes ou armazenamento de produtos.

Quando se trata de velocidade da receita, trabalhar com programa de afiliados tem uma vantagem em relação ao AdSense. Pois não há uma necessidade tão grande de tráfego principalmente porque você também pode tentar realizar vendas aos seus inscritos na lista.

Desvantagens

Em programas de afiliados há uma dificuldade de estabelecer uma base de clientes. Dependendo do nicho que você atuar, uma vez que a venda através de seu link for feita, acabou ali.

Aí caso essa mesma pessoa queira comprar outro produto do mesmo vendedor/empresa ela não irá mais para seu link de afiliado, mas sim direto na fonte que você teve o trabalho de apresentar.

Além disso, há programas de afiliados que levam de 15 a 90 dias para realizar o pagamento.

Isso é devido a garantia de devolução para o caso de haver algum problema com o produto que cause a insatisfação do cliente ou por outros motivos que são estabelecidos na política do programa.

Se você quer ganhar dinheiro online vendendo produtos afiliados, veja esse artigo com 7 dicas imperdíveis.

Blog de nicho para Anúncios do AdSense


Investimento

Domínio

Hospedagem para o caso da Wordpress.org. Já na Blogger. Aqui, a situação é idêntica ao programa de afiliados.

Como um de seus focos principais será ranquear as palavras chaves mais lucrativas para seu nicho, talvez será preciso investir futuramente em algumas ferramentas.

As que lhe ajudarão a identificar as melhores keywords para seu blog, criar palavras chave de cauda longa além daquelas que ajudem a produzir artigos com a mais eficiente otimização e garantir a primeira página nas pesquisas.

Alguns exemplos dessas ferramentas são:

MOZ Keyword Difficulty

Market Samurai

SEMRush (essa aqui e mais voltada para analisar a concorrência, mas é super útil)

E enquanto o momento não chega você pode usar as ferramentas gratuitas:

Google AdWords Keyword Planner

Übersuggest

Vantagens

O seu maior trabalho será escrever artigos otimizados com as palavras chave do seu nicho para serem bem ranqueados nos resultados. Dito isso, você poderá dedicar melhor seu tempo e esforços para produzir uma boa quantidade de artigos de qualidade.

Ter uma lista de email não é requisito tão necessário quanto em uma loja virtual ou afiliado, pois as pessoas que mais tem tendência a clicar nos anúncios são as que encontram seu blog através das pesquisas da Google.

Você não precisará lidar com atendimento ao cliente, gerenciar ou armazenar nenhum tipo de produto. Essas vantagens permitem assim como no programa de afiliados, que você gerencie mais de um blog para AdSense.

Desvantagens

Investir em AdSense como primeiro empreendimento na internet na esperança de ganhar muito dinheiro é uma árdua tarefa de longo prazo. Pois as palavras chave que pagam muito dinheiro já foram conquistadas pelos grandes sites que vemos nas primeiras páginas de pesquisa.

E as que pagam pouco precisam de um tráfego altíssimo para render um bom dinheiro.

O que pode fazer você conseguir muito tráfego no começo além de uma bela otimização é ter algum blog, site ou fórum de altíssima autoridade apontando um link para algum artigo ou página do seu blog. Porém isso deve ser feito com extrema cautela. 

Práticas como vários guest posts e trocas de links já foram muito usadas por sites e blogs novos para conseguirem um tráfego absurdo em pouquíssimo tempo.

Mas eles acabaram sendo derrubados nas pesquisas depois de algumas atualizações nos algoritmos da Google. E como já foi dito, sem tráfego = sem cliques nos anúncios = nada de dinheiro.

Para você ter uma ideia, veja essa página de histórias de sucesso de pessoas bem sucedidas com o Google AdSense. Depois de verificar o site de cada um, pude perceber algo em comum: todos tem um alto nível de tráfego por mês.

Dependendo das estratégias que você usar e do tempo que dedicar, possivelmente você irá ganhar pouco por pelo menos 6 meses.

Loja virtual


Investimento

Aquisição de uma boa hospedagem

Domínio

Processador de cartão de crédito

Certificado SSL

Template (opcional)

Ou se preferir você pode montar uma loja virtual em uma plataforma como a Shopify ou UOL Host, que já oferece hospedagem e outros recursos inclusos no pacote, restando apenas o investimento com domínio e opcional de um template profissional.

Vantagens

De fato, há vários motivos que fazem de uma loja virtual a mais rápida que os anúncios do AdSense ou Programas de afiliados para fazer dinheiro. Primeiro que você está vendendo seus próprios produtos no qual significa que será sua a maior margem de lucro por venda.

Como resultado, você precisa de menos conversões em ordem para conseguir um nível aceitável de lucro.

Outra razão que garante a loja virtual um lucro crescente é que na medida em que você vai conquistando clientes, boa parte desses se tornarão fieis a você. Ou seja, eles não comprarão na sua loja apenas uma vez.

Além do mais, seus clientes contarão para os amigos sobre seu negócio e conseguirão outros para você. E se jogar as cartas certas, poderá fazer seu negócio crescer bem apenas com o boca a boca.

Mas uma vantagem é desde que sua margem de lucro é muito maior, você pode investir uma parte do dinheiro em serviços de PPC como o Google Adwords, Facebook Ads e outras formas de publicidade.

E isso quer dizer que você pode superar o tempo de baixo lucro muito mais rápido. No caso do AdSense ou programa de afiliados você não pode fazer dinheiro suficiente em ordem para garantir que esses investimentos em publicidade compensem.

Desvantagens

Mas é claro que abrir uma loja virtual também tem seus contras: há um investimento maior na hora de adquirir seus produtos para vender além de encontrar bons fornecedores.

E se você adquiriu os produtos, terá também que arrumar um espaço adequado para armazená-los. Por último, há o trabalho com o envio dos produtos.

A última desvantagem de uma loja virtual é que você terá de fornecer um serviço de atendimento ao cliente. Diferente de marketing de afiliado onde você faz referência de uma venda.

Como resultado, vez ou outra você terá de lidar com clientes insatisfeitos com suas compras. E dependendo da natureza de seus produtos e expectativas isso pode ou não ser bem trabalhoso.


Artigo relacionado: 9 coisas super importantes para fazer antes de montar uma loja online

E para você? Qual o melhor negócio para ganhar dinheiro na internet?

qual o melhor negócio para ganhar dinheiro na internet

Pelo que foi visto, trabalhar com vendas pela internet, programas de afiliados ou Google AdSense são ótimos negócios para ganhar dinheiro sem sair de casa.
Porém assim como em qualquer outro negócio, quanto você irá ganhar ou se terá sucesso, será decidido por fatores como pesquisa para identificar seu público e concorrência, qual o melhor nicho e produto, investimento e tempo que você dedica por dia.

Veja também:
7 ideias criativas para ganhar dinheiro com sua câmera digital
7 sites para trabalhar revendendo produtos na internet
Como ganhar dinheiro online trabalhando como freelancer
16 ideias de negócio na internet para superar a crise em 2016
9 ideias de negócios e produtos para vender na internet em tempos de crise
Leia Mais ►